Blues

Memórias são mentiras que inventamos, mas lembro-me da primeira noite que apareceu e sentou ali, no tamborete. O terno desgastado com traços cinza, do cigarro, olhar direto de mar negro. Naquele tempo as coisas não andavam fáceis para ninguém. Ele ficou ali com as mãos sobre o balcão que acabara de limpar. Coloquei o cinzeiro abaixo da brasa e então perguntou: — Pode me dar uma bebida? Não se encontra caridade em um lugar como este, só o fato de estar sentado respirando o mesmo ar viciado que os outros clientes já o obriga a pagar, mas não sei o que me deu, lhe servi um trago. Então, pegou um instrumento da bolsa e começou a tocar uma música. Clientes começaram a aparecer como moscas atraída

Microconto

Era uma vez uma religião! Li isso em um café. Quem nunca teve uma ressaca?

Água Aromatizada

Existem histórias que acabam não sendo contadas, não por sua importância, mas por outros fatores que nem sempre dominamos. Esta história envolve literatura, ficção e vida real, sem barreiras separando-as. Aconteceu no domingo, 18/08/2019, em Paranapiacaba/SP onde ocorriam dois eventos simultâneos. O Festival do Cambuci, com diversas iguarias feitas a partir desta fruta e o VI Steamcon Paranapiacaba, um evento steampunk. Para quem não conhece o Steampunk é uma variação literária originada do Movimento Cyberpunk que renovou a Ficção Científica em bases diferentes, demonstrando que nem sempre a tecnologia traz em seu bojo as sementes de uma sociedade melhor; por ser uma ferramenta necessita de

Doce Luar

"Era suave como uivar para a lua, rosnando para a vida. Feito riso irônico que apenas lobos podem entender” Eu a encontrei em minhas andanças pela campina, nua em pelo. Senti um arrepio na alma quando vi aquele vulto medonho se aproximando furtivamente dela. O cheiro acre e úmido me atingiu como um soco. Atingi o desgraçado em pleno salto, forçando meus ombros em suas costelas, sorrindo com o som dos ossos se partindo. Garras rompendo pele, mordidas, patadas, uma luta feroz que me excitava mais ainda por perceber que ela apenas observava atentamente. Abri as mandíbulas do intruso até que não pudessem se fechar mais. Venci. Meu prêmio se aproximou e desferiu um violento tapa, que me excitou m

Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Google+ Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Blogger Social Icon
  • Google+ Social Icon

Página do Escritor Danny Marks - FC& Fantasy - Criado com Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now